Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

General Zuñiga, preso e algemado, é exibido pelo governo boliviano após golpe fracassado; assista ao vídeo

Foto: divulgação

Na noite de terça-feira (26), o Ministério do Governo da Bolívia organizou uma coletiva de imprensa impactante e revelou aos representantes dos meios de comunicação – jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos – a condição de detenção do ex-comandante do Exército, General Juan José Zúñiga, e do ex-comandante da Marinha, Vice-Almirante Juan Arnez, que se encontravam algemados. Esta prisão ocorreu na sequência de uma tentativa falhada de golpe de Estado na emblemática Praça Murillo, situada no coração de La Paz.

Na ocasião, o Ministro do Governo, Eduardo Del Castillo, trouxe à luz a imagem detida dos outrora altos comandantes das forças armadas, General Zúñiga e Vice-Almirante Arnez, marcando claramente o falhanço de seu intento de tomar o poder na praça Murillo. Este momento foi meticulosamente documentado e divulgado pelo perfil oficial do Ministério no Twitter, datado de 27 de junho de 2024, solidificando um registro digital deste acontecimento significativo.

A captura de ambos os comandantes veio como resultado de sua liderança direta de um segmento rebelde dentro das Forças Armadas que, audaciosamente, ingressou no Palácio Quemado – a sede governamental – com a intenção explícita de destituir o presidente Luis Arce, eleito por meio de votação democrática. O objetivo final dessa ação ousada era estabelecer um novo ministério executivo. No entanto, o presidente Arce resistiu a esse assalto à sua posição e, fortalecido pelo apoio massivo da população que tomou as ruas para proteger a democracia, conseguiu neutralizar o golpe.

Durante a conferência de imprensa, o ministro Eduardo Del Castillo fez questão de expor os perpetradores do golpe falhado, que vestiam placas com a palavra “detido” claramente visível. Com uma mensagem firme, ele solicitou às “autoridades competentes” que avançassem com a apresentação de Juan José Zúñiga, identificando-o como o principal infrator detido, e enfatizou a determinação do Ministério em processar os crimes graves pelos quais Zúñiga responderá na justiça. Del Castillo continuou, revelando a captura do Vice-Almirante Juan Arnez, classificando-o como um ex-líder das Forças Armadas Bolivianas, cuja detenção foi efetuada pela Polícia Boliviana, assegurando que todos os mandatos judiciais aplicáveis foram devidamente observados.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/mundo/governo-da-bolivia-mostra-general-zuniga-preso-e-algemado-apos-tentativa-de-golpe-fracassada-veja-video/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.