Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mariana D’Andrea conquista prata na Copa do Mundo de Halterofilismo

Foto: divulgação

Na empolgante etapa da Copa do Mundo de halterofilismo, que ocorreu em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a campeã paralímpica Mariana D’Andrea, representante orgulhosa do Brasil, conquistou a medalha de prata na disputada categoria de até 79 quilos. Esse impressionante feito ocorreu sete meses após a atleta garantir o título mundial na mesma cidade, um marco que praticamente assegurou sua vaga nos próximos Jogos de Paris.

Originária de Itu, no estado de São Paulo, Mariana iniciou a competição liderando e mantendo-se à frente da chinesa Han Miaiyu, uma forte concorrente. Contudo, foi durante o momento crítico do último movimento que Han conseguiu superar a marca de Mariana, arrebatando a medalha de ouro. A atleta chinesa alcançou a impressionante marca de 151 quilos em sua última tentativa, um peso que iguala o recorde mundial da categoria, previamente estabelecido por Mariana D’Andrea no campeonato mundial anterior.

Apesar do último movimento não ter sido bem-sucedido, a brasileira demonstrou uma notável performance durante a competição. Inicialmente, Mariana ergueu 141 kg, superando os 140 kg levantados por Han Miaiyu. Na sequência, ela continuou na liderança ao levantar 146 kg, novamente à frente de Han por um quilo. Infelizmente, Mariana buscou quebrar o recorde com 152 kg, mas não conseguiu concretizar esse feito.

O Brasil, que também celebrou a conquista de Tayana Medeiros no domingo, mostrou seu poder no esporte. Tayana, carioca competindo na categoria até 86 kg, estabeleceu um novo recorde das Américas ao levantar 140 kg, superando sua própria marca anterior de 113 kg, que havia sido estabelecida nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile. Essa proeza a colocou à frente da britânica Louise Sugden e da taiwanesa Tzu-hui Lin, que conquistaram a prata e o bronze, respectivamente.

Com as competições individuais chegando ao fim, a equipe brasileira ainda tem a oportunidade de brilhar nas provas de equipes femininas e mistas, que ocorrerão nesta quarta-feira (6). Atualmente, o Brasil ocupa a terceira posição no quadro geral de medalhas, com um saldo de um ouro, quatro pratas e um bronze, seguindo a China e o Irã.

Para os atletas e fãs do halterofilismo, a próxima e última etapa da Copa do Mundo antes dos Jogos de Paris 2024 acontecerá em Tiblisi, Geórgia, de 20 a 26 de junho, prometendo mais emoções e conquistas para os competidores.

Fonte: https://folhadesorocaba.com.br/de-volta-sorocaba-reinaugura-unidade-do-sabe-tudo-conect-apos-anos-de-inatividade/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.