Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Lula e Maduro discutem pleito na Venezuela no segundo semestre

Foto: divulgação

Na passada sexta-feira, em um movimento diplomático significativo, o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, teve um encontro marcante com Nicolás Maduro, o líder venezuelano. Este evento teve lugar à margens da 8ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC), realizada na capital de São Vicente e Granadinas, Kingstown, destacando-se como um momento crucial nas relações entre Brasil e Venezuela.

Conforme divulgado numa nota pelo governo brasileiro, a reunião entre os dois presidentes focou-se em assuntos bilaterais de grande importância. Entre eles, Nicolás Maduro assegurou a Lula que seu país irá conduzir eleições presidenciais no segundo semestre do ano corrente. Maduro também compartilhou que foi negociado um acordo com as facções da oposição e que observadores internacionais serão convidados a assistir e validar o processo eleitoral, estabelecendo um precedente para transparência e integridade na condução das eleições.

Além disso, foi dada atenção à luta conjunta contra o garimpo ilegal nas terras dos Yanomami, abrangendo áreas tanto no Brasil quanto na Venezuela, refletindo a preocupação comunitária em relação à salvaguarda dos direitos e territórios indígenas.

Quanto à disputa territorial do Essequibo, a Presidência da República esclareceu que este tópico não foi discutido durante as conversas. Vale recordar que, em dezembro de 2023, uma declaração conjunta entre Maduro e Irfaan Ali, presidente da Guiana, marcou o comprometimento de ambas nações em resolver a disputa de forma pacífica, sem recurso à força militar. Esta decisão veio após anos de tensão devido a reivindicações territoriais conflituosas e ações como a exploração de recursos naturais e a designação de um governador militar para Essequibo por parte da Venezuela.

No contexto brasileiro, a tensão na região levou ao aumento da presença militar em Roraima, sublinhando a importância de uma resolução dialogada para evitar possíveis conflitos militares que poderiam afetar a soberania territorial brasileira.

À saída da reunião, Maduro expressou aos meios de comunicação que o diálogo com Lula foi “muito bom”, enfatizando o fortalecimento da cooperação bilateral. Lembrando que em 2023, Maduro realizou uma visita oficial ao Brasil, onde foi calorosamente recebido por Lula, reiterando os laços de amizade e colaboração entre os países.

Adicionalmente, Lula encontrou-se com Luís Arce, presidente da Bolívia, ainda em Kingstown. Os dois líderes discutiram sobre o fomento do comércio e o investimento em infraestrutura e exploração de gás natural, revelando a continuação da aproximação e cooperação estratégica entre o Brasil e a Bolívia.

Estes encontros são um testamento do papel ativo e engajado do Brasil na promoção da cooperação e do entendimento mútuo na América Latina, evidenciando a importância do diálogo e da colaboração diplomática na região.

Fonte: https://portalmanausalerta.com.br/lula-e-maduro-tratam-de-eleicoes-na-venezuela-no-segundo-semestre/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.