Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Fernanda Gentil, jornalista, recebe diagnóstico de paralisia de Bell; entenda a condição

Foto: divulgação

O prestigioso jornalista do Brasil, Fernanda Gentil, revelou em suas redes sociais que foi acometida com a Paralisia de Bell, uma enfermidade que causa a paralisação de um lado do rosto. Os indicativos começaram a se manifestar no rescaldo do Carnaval, momento em que Gentil sentiu algo estranho ao recepcionar seu filho no terminal aéreo, sentindo adormecimento na região da boca.

“Quando me deparei com ele no aeroporto, notei sutis mudanças. Ao abraçá-lo, espremê-lo, beijá-lo de saudade senti o lado da minha boca um pouco paralisado,” a jornalista relata em um vídeo em seu canal do YouTube no último fim de semana.

No próximo dia, 16 de fevereiro, ela presenciou os mesmos indicativos outra vez. “A sexta chegou, tinha agenda cheia e a mente ocupada. No intervalo entre uma reunião e outra, fui ver meus afilhados. Aí, naturalmente, trocar carinhos com crianças, beijos, fez eu sentir novamente o incômodo na boca. Prontamente pensei: ‘Isso está fora do comum, não é possível’.”

Executando movimentos faciais em seu domicílio, Gentil notou que os músculos do lado afetado não estavam trabalhando normalmente, o que a levou a procurar um especialista no assunto. Após uma consulta virtual com um médico, que descartou a possibilidade de AVC ou tumor, foi recomendado um neurologista, que diagnosticou a paralisia de Bell.

Para a jornalista, o diagnóstico veio como uma surpresa, tendo em vista que a origem do problema ainda é incerta. “A princípio, não há nada de grave. Ele me diagnosticou com paralisia de Bell, que é uma paralisia parcial do rosto. A parte ruim é que não se sabe com certeza a causa,” explicou Gentil.

Atualmente, ela está em tratamento com corticoides, medicamentos antivirais e fisioterapia, apesar dos movimentos faciais ainda não terem sido completamente restaurados. A jornalista sublinha a incerteza em relação às sequelas a longo prazo.

A Paralisia de Bell, também chamada paralisia facial periférica, é caracterizada pela paralisia repentina e temporária de um lado do rosto. Outros sintomas podem incluir incapacidade de fechar um dos olhos, redução do sulco nasolabial e mudança no formato da boca.

Os fatores de risco para esta condição incluem pressão arterial alta, diabetes, gestação e infecção pelo vírus herpes tipo 1. Embora a recuperação seja frequente dentro de algumas semanas, a condição pode deixar sequelas duradouras.

Fonte: https://cm7brasil.com/entretenimento/famosos/jornalista-fernanda-gentil-e-diagnosticada-com-paralisia-de-bell-saiba-o-que-e/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.