Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Programa Pé-de-Meia vai oferecer R$ 2 mil anualmente a estudantes de baixa renda do ensino médio

Foto: divulgação

Solidariedade Brasileira – O diligente presidente, Luiz Inácio Lula, convocou a mídia nesta sexta-feira matinal (26th), para esclarecer detalhes sobre um programa de interesse nacional, batizado de Pé-de-Meia. Essa iniciativa traz à tona uma espécie de investimento, realizado pelo governo federal, destinado aos estudantes de ensino médio que se encontram em uma situação econômica desfavorável.

Foi o próprio presidente que assinou o decreto, estipulando os valores e critérios para a sua concessão. O evento ocorreu durante uma cerimônia solene no Palácio do Planalto.

Conforme a política do programa, com a matrícula efetuada no início do ano acadêmico, espera-se que o aluno do ensino médio receba um depósito de R$ 200 em sua conta poupança. Como um incentivo adicional, demonstrar a frequência regular permitirá o recebimento de mais R$ 1,8 mil ao longo do ano, distribuídos em nove parcelas de R$ 200 cada. Portanto, a soma total por ano letivo será de R$ 2 mil.

Reforçando o compromisso financeiro, serão realizados depósitos de R$ 2 mil durante cada um dos três anos do ensino médio. E não acaba aí, ao concluir o último ano, o estudante verá acumulados mais R$ 3 mil em sua conta poupança, o que equivale a R$ 1 mil para cada série do ensino médio.

As boas notícias também contemplam os alunos de baixa renda do 3° ano que se inscreverem no Enem, proporcionando-lhes um valor adicional de R$ 200.

Em palavras mais claras, se o aluno cumprir todas as prerrogativas estabelecidas durante os três anos letivos e, além disso, inscrever-se no Enem no último ano, a soma total dos valores atingirá o marco de R$ 9,2 mil.

Durante a ocasião em que o decreto foi assinado, o presidente Lula destacou a importância fundamental que as políticas educacionais possuem para superar os obstáculos existentes decorrentes de mais de “350 anos de escravidão”. Ressaltou a necessidade de promoção de medidas efetivas para garantir uma educação de qualidade a todos.

Finalmente, o programa Pé-de-Meia, estabelecido pela Lei 14.818/2024 e publicado no dia 17 último, foi projetado como um tipo de plano de poupança para incentivar os estudantes carentes a completar o ensino médio. O esquema financeiro proposto não interfere na renda familiar declarada nem afeta a elegibilidade para programas de assistência como o Bolsa Família.

*Com dados do portal da Agência Brasil.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/brasil/ensino-medio-programa-pe-de-meia-dara-r-2-mil-por-ano-a-alunos-de-baixa-renda/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.