Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Irmão de Lucas Picolé manifesta indignação com prisão: “Prioridade deveria ser capturar estupradores e bandidos”

Foto: divulgação

Manaus – Lucas Picolé, influenciador digital, foi preso nesta quarta-feira (24/1), o que provocou a revolta de seu irmão, Luciano Silva. Em um forte discurso, Silva defendeu que a detenção de Picolé é o resultado de uma campanha de perseguição contra ele, encabeçada por pessoas poderosas e influentes. Após ser levado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os devidos procedimentos legais, Picolé afirmou à imprensa ao chegar que iria “demonstrar sua inocência”.

Posteriormente à detenção de seu irmão, Luciano Silva sustentou que outros influenciadores em Manaus são os que estão de fato promovendo o infame “Jogo do Tigrinho”. Ele alegou que Picolé não estava disseminando nada relacionado a este jogo em suas plataformas sociais. De acordo com Silva, falsas contas foram criadas com o intuito de difamar Picolé, propagando conteúdos de aposta. Adicionalmente, Silva revelou que sua cunhada, Flávia Ketlen, também foi alvo de hackers que invadiram sua conta do Facebook para publicar propagandas do “Jogo do Tigrinho”. Ele reforça que todas estas ações são um intento de perseguição contra a sua família.

Assista ao vídeo:

Antes de sua condução pela polícia, o próprio Lucas Picolé reivindicou sua inocência, argumentando que ele não promoveu nenhum site de apostas ou atividades para tanto. Ele declarou que uma conta falsa foi criada para propagar informações como se fossem dele e instou seus seguidores a denunciarem esta falsa conta.

Lucas Picolé foi preso sob suspeita de promover jogos de azar e de liderar um esquema ilegal de venda de rifas. Picolé, que já havia sido preso em 2023 durante a Operação Dracma sob a acusação de lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e fraude digital, teve que cumprir seis meses de prisão mesmo com o inquérito arquivado. Como parte de suas medidas judiciais, ele estava proibido de promover jogos de azar e rifas.

O advogado de Lucas Picolé, Dr. Vilson Benayon, confirmou a prisão de seu cliente, detalhando que contas falsificadas divulgaram jogos de azar como se fossem de autoria de Picolé no Instagram. Ademais, um grupo de WhatsApp, com mais de 150 membros, também foi criado para divulgar links de apostas online em nome do influenciador. O caso está sendo investigado pelo delegado Cícero Túlio, titular do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/policia/e-perseguicao-por-que-nao-vao-pegar-estuprador-e-bandidos-diz-irmao-de-lucas-picole-revoltado-com-prisao/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.