Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Construtoras se unem ao Governo do Amazonas para impulsionar mercado imobiliário

Foto: divulgação

Amazonas – Ao todo, 13 projetos residenciais com mais de 1.106 unidades habitacionais foram apresentados pelas construtoras Capital, Direcional, Terra Andina, MRV e RD. Esses empreendimentos fazem parte do programa “Amazonas Meu Lar”, incluindo a linha “Subsídio Entrada do Meu Lar”. Através dessa parceria, o governo do Amazonas irá custear a entrada do financiamento da casa dos sonhos de muitas famílias utilizandos recursos do FGTS, no programa federal Minha Casa, Minha Vida.

O chefe da Sedurb, Fausto Santos Júnior, ressaltou que essa colaboração do governo estadual com as empresas privadas não apenas diminuirá o déficit habitacional, como também impulsionará a economia proporcionando uma previsão positiva para os próximos anos.

“Esse processo de encorajamento para que as construtoras possam edificar, resultará no fortalecimento da nossa economia, através da geração de empregos e da injeção de quatro bilhões de reais no mercado, valor este investido nos próximos anos pelo programa”, observa o secretário.

O programa “Amazonas Meu Lar” é administrado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), Superintendência de Habitação (Suhab), Secretaria de Estado de Cidades e Territórios (Secti) e implementado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE).

O subsidio ajudará a complementar o pagamento inicial do apartamento financiado diretamente com as construtoras. Para as famílias de Faixa 1, com uma renda bruta mensal de até 2.640 R$, o subsidio é de 35 mil R$. Para as famílias da Faixa 2, com renda bruta mensal entre 2.640,01 R$ e 4.400 R$, será de 30 mil R$. O valor limite do imóvel financiado para as famílias da Faixa 1 é R$ 198 mil, e para as da Faixa 2, R$ 240 mil.

Hélio Alexandre, Vice-Presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi), declarou que essa iniciativa vai beneficiar o mercado, pois a entrada inicial tende a ser um obstáculo para muitas pessoas na hora de adquirir um imóvel.

“Manaus é uma cidade onde há uma predileção por compra de imóveis, mas essas pequenas entradas costumam barrar muitos negócios. Isso vai resultar em mais empregos e moradias. O governo cumpre sua parte e agora fará uma parceria com as construtoras em prol da política habitacional do estado e da cidade”, afirmou.

Famílias aptas
As famílias que se adequarem aos critérios serão selecionadas de uma lista de 162 mil candidatos pré-inscritos no programa. O processo atualmente está na fase de análise de dados para a elaboração do ranking baseado nos critérios estabelecidos pelo “Amazonas Meu Lar”.

A listagem dos empreendimentos aptos para o programa será publicada no site www.amazonasmeular.am.gov.br. Os selecionados poderão escolher seu futuro lar online e depois se encontrar com o representante da empresa correspondente. Após isso, serão encaminhados ao correspondente bancário para a análise de crédito necessária.

Amazonas Meu Lar
No ano de 2023, o governador Wilson Lima inaugurou o “Amazonas Meu Lar”, o maior programa habitacional já criado no estado. Com investimento de 4.7 bilhões de reais, o programa objetiva fornecer 24 mil soluções habitacionais permanentes para a população de baixa renda nos próximos anos, 22 mil novas unidades habitacionais e regularização de 33 mil propriedades através da emissão de títulos definitivos.

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/politica/parceria-entre-construtoras-e-governo-do-amazonas-deve-impulsionar-mercado-imobiliario/

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.