Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ex-sargento condenado por feminicídio é procurado pela polícia em Manaus

Edisandro de Jesus da Costa foi condenado por matar Édrica Moreira em Belém no Pará — Foto: Reprodução

Ex-sargento do Exército, Edisandro de Jesus da Costa, é procurado pela Polícia Civil de Manaus pela morte da ex-namorada, Édrica Moreira. A vítima, de apenas 19 anos, foi atingida por três disparos de arma de fogo em um crime ocorrido em Belém, capital do Pará, no dia 11 de novembro de 2021.

Após receber informações de que o suspeito estaria vivendo em Manaus, a Polícia Civil do Pará solicitou auxílio da PC-AM para efetuar a prisão de Edisandro, que possui um mandado expedido pelo Poder Judiciário do Pará.

É importante relembrar os detalhes do crime que chocaram a todos. Édrica estava em uma lanchonete com uma amiga quando foi surpreendida por Edisandro, que disparou contra as duas. Ambas foram socorridas e levadas para um hospital, mas infelizmente, Édrica não resistiu aos ferimentos e faleceu três dias após o ataque.

No dia 31 de outubro, a Justiça do Pará condenou o ex-militar a uma pena de 15 anos, 7 meses e 15 dias de prisão pelo homicídio de Édrica. Além disso, ele também foi condenado a 3 meses de detenção por tentativa de homicídio da amiga da vítima que estava presente no momento do crime.

A família de Édrica revelou que o relacionamento entre ela e Edisandro durou apenas quatro meses, mas foi marcado por um comportamento extremamente agressivo do acusado, que chegou inclusive a ameaçar de morte toda a família da vítima.

A amiga de Édrica, que também foi atingida pelos disparos, afirmou que Edisandro chegou a oferecer-lhe uma quantia em dinheiro para convencer Édrica a voltar com ele. O rompimento do relacionamento ocorreu em 28 de outubro de 2021, apenas alguns dias antes do crime ocorrer.

Durante os depoimentos, a amiga da vítima revelou a presença de um coautor no local do crime, descrevendo que havia outra pessoa dirigindo o carro utilizado para simular um assalto. O cúmplice estava de capuz e surgiu do banco de trás do veículo, anunciando o roubo. Édrica chegou a entregar o celular da amiga, mas o homem não levou o aparelho e atirou contra a amiga e, em seguida, contra a própria Édrica, disparando quatro vezes.

Edisandro admitiu ter alugado o carro utilizado no crime, mas as investigações continuam em busca de mais informações sobre o coautor e outros detalhes do caso.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Edisandro de Jesus pode entrar em contato com o número (92) 98503-8913, disque-denúncia do 1° DIP, ou ligar para o 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). A identidade do informante será mantida em sigilo, garantindo a segurança de todos os envolvidos, conforme assegurado pelo delegado responsável pelo caso.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/12/12/policia-em-manaus-procura-ex-sargento-condenado-por-matar-ex-namorada-em-belem.ghtml

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.