Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Suspeito procurado pela Interpol e PF de Pernambuco é capturado no Amazonas

Delegacia de Coari, no Amazonas — Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM

Homem procurado pela Interpol é preso no Amazonas por tráfico internacional de drogas

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) anunciou a prisão de Adailson Santos de Oliveira, de 46 anos, conhecido como “Pacu”, em uma operação conjunta com a Polícia Federal de Pernambuco. Segundo informações, Adailson era procurado internacionalmente por tráfico de drogas e estava escondido em Coari, a 363 quilômetros de Manaus.

De acordo com as autoridades, a Justiça Federal de Pernambuco havia emitido um mandado de prisão preventiva após uma investigação da Polícia Federal, que resultou na apreensão de uma grande quantidade de entorpecentes no porto de Recife.

As investigações revelaram que Adailson reside em Coari e utiliza uma empresa local para lavar o dinheiro proveniente do narcotráfico. Assim que a Polícia Federal descobriu seu paradeiro, acionou a PC-AM, que prontamente mobilizou suas equipes para cumprir o mandado.

A prisão ocorreu na quinta-feira (30), na estrada Coari-Itapéua, no bairro Itamarati, em Coari. Adailson Santos de Oliveira irá responder por tráfico internacional de drogas, associação ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

O suspeito ficará detido na unidade prisional de Coari, aguardando a decisão da Justiça. Esta operação representa mais um importante golpe contra o tráfico de drogas internacional, com a captura de um indivíduo de alta periculosidade. As autoridades estão empenhadas em combater esse crime e garantir a segurança da população.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/12/01/procurado-pela-interpol-e-pf-de-pernambuco-suspeito-de-trafico-internacional-e-preso-no-amazonas.ghtml

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.