Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Manaus será sede de encontros técnicos do G20

Reuniões devem ocorrer nos meses de março, junho, setembro e novembro do próximo ano. — Foto: William Duarte/Rede Amazônica

Manaus, a capital do estado do Amazonas, será palco de uma série de reuniões técnicas em preparação para o G20. O evento, que está previsto para acontecer em 2024, no Rio de Janeiro, é uma cúpula que reúne os ministros da Economia e os presidentes dos Bancos Centrais de 19 países e da União Europeia.

Com o Brasil assumindo a presidência rotativa do G20 em dezembro deste ano, a realização dessas reuniões em Manaus se torna ainda mais significativa. A cidade amazônica se torna um importante ponto de discussões e tomadas de decisão em relação a questões econômicas globais.

Apesar de ainda não haver anúncio oficial das datas dos encontros, é esperado que as reuniões ocorram nos meses de março, junho, setembro e novembro do próximo ano. Esses encontros serão fundamentais para a preparação do G20 e para alinhar as estratégias e propostas dos países membros.

O G20 é composto por países de grande relevância econômica, representando cerca de 80% de toda a economia global. Entre os membros do grupo estão potências mundiais como Estados Unidos, China, Alemanha, Japão e Brasil. A criação do G20 ocorreu no final dos anos 1990, em resposta a crises econômicas, e desde então se tornou um importante fórum de discussão e cooperação internacional.

Durante os encontros do G20, os líderes discutem não apenas questões econômicas, mas também políticas e de saúde. O objetivo é buscar soluções conjuntas para desafios globais e promover um crescimento econômico sustentável e inclusivo.

Além das reuniões em grupo, os encontros bilaterais entre os líderes dos países também são uma parte essencial dos eventos do G20. As discussões e acordos estabelecidos nesses encontros individuais muitas vezes influenciam as decisões tomadas coletivamente.

Com a realização das reuniões técnicas em Manaus, o Brasil reafirma sua posição como um país que busca protagonismo e influência nas discussões internacionais. A cidade, com sua rica biodiversidade e importância estratégica para a Amazônia, se torna um cenário simbólico para os debates sobre questões globais. O país tem a oportunidade de mostrar aos demais membros do G20 seu compromisso com a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico equilibrado.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/20/manaus-vai-sediar-reunioes-tecnicas-do-g20.ghtml

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.