Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ibama realiza perícias em queimadas na região amazônica

Amazonas está em emergência ambiental por conta de queimadas. — Foto: William Duarte/Rede Amazônica

Ibama investiga incêndios florestais no Amazonas e oferece curso de brigada para combater as chamas

Nesta segunda-feira (6), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) divulgou que está realizando perícias nos locais onde ocorreram os incêndios florestais no estado do Amazonas. De acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), somente no mês de outubro, o estado registrou quase 4 mil focos de calor, o maior índice dos últimos 25 anos.

Além dos incêndios, o Amazonas enfrenta uma grave crise ambiental causada pelas queimadas, que resultou em outro problema: a fumaça. O fenômeno atingiu a capital Manaus por duas vezes e, na última semana, intensificou-se ainda mais, levando à classificação do ar como péssimo em diversas cidades. Nesta segunda-feira, Manaus completou o 8º dia consecutivo coberta pela fumaça.

A seca severa dos rios também é uma das dificuldades enfrentadas pelo Amazonas, afetando todos os municípios do estado e causando impactos na vida de mais de 600 mil pessoas. Diante dessa situação, o Ibama está realizando as perícias nos locais dos incêndios, buscando identificar suas causas. As informações coletadas serão enviadas aos órgãos competentes para que sejam tomadas medidas de investigação e apuração de responsabilidade.

O instituto também está atuando no combate às chamas que têm causado a fumaça que atinge Manaus e outras localidades, tanto no estado do Amazonas quanto no Pará. Essa afirmação surge após o Governo do Amazonas atribuir o fenômeno às queimadas no estado vizinho.

No sábado (4), durante o pico da crise da fumaça, o secretário de meio ambiente do Amazonas, Eduardo Taveira, alertou que o fenômeno continuará acontecendo no estado até dezembro. Segundo ele, a situação em Manaus é agravada por uma combinação de problemas ambientais potencializados pelo fenômeno El Niño.

“Estamos enfrentando uma falta de chuvas e a previsão é de que essa situação persista até dezembro, atrasando a formação de nuvens. Nós estamos vivendo um clima muito seco, principalmente para essa época do ano. O nosso sistema não está adaptado para lidar com essa quantidade de fumaça”.

Para auxiliar no combate aos incêndios, o Ibama iniciou nesta segunda-feira (6) a oferta de um curso de brigada voltado para a população das cidades de Autazes, Careiro da Várzea, Careiro, Iranduba e Manaquiri. São disponibilizadas cerca de 60 vagas, sendo 15 para moradores de cada cidade. O serviço conta com o apoio da prefeitura de Careiro. Com iniciativas como essas, espera-se que seja possível minimizar os impactos causados pelos incêndios e garantir um ambiente mais preservado para as futuras gerações.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/06/ibama-diz-que-realiza-pericias-em-queimadas-no-amazonas.ghtml

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.