Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Comissão de Política Sobre Drogas realiza panfletagem de conscientização ao combate às drogas e à importunação sexual no Carnaval

Manaus – Presidente da Comissão de Política Sobre Drogas, Cidadania, Assuntos Indígenas e Legislação Participativa da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado estadual Daniel Almeida (Avante) realizou ações de conscientização e panfletagem sobre o combate às drogas, à importunação sexual e ao trabalho infantil nas bandas de Carnaval da capital.

O parlamentar esteve pessoalmente em bandas e blocos nas zonas Sul, Leste e Norte da capital, na última terça-feira (21). Esta foi a primeira atividade oficial da comissão fora do recinto da Aleam.

“Precisamos conscientizar quem gosta de pular o carnaval de que tudo precisa ser feito com responsabilidade e respeito. São momentos de alegria e felicidade que horas depois trazem riscos e consequências para a vida toda. É uma ação educativa e de conscientização. Saímos com um saldo bem positivo e fomos muito bem recebidos pelos foliões”, comentou Daniel.

Na Zona Sul
Daniel iniciou as ações na Banda do Cajual, no Morro da Liberdade. Na ocasião, o deputado e a equipe conversaram com a população, alertando sobre as diversas formas de violência, assédio e a exploração do trabalho infantil, época em que mulheres e crianças ficam totalmente vulneráveis.

“As pessoas têm a mania de achar que por ser carnaval tudo pode. Tudo está liberado. Vejo muito desrespeito com nós mulheres, principalmente nessa época. Parabenizo essa ação, ela faz lembrar a macharada que assédio é crime. Meu corpo me pertence!”, afirmou a estudante de direito, Mônica Lucena, 27.

Na Banda da Boca do Emboca e na Banda do Galo, ambas no Educandos, o público ficou surpreso com a presença do parlamentar encabeçando a ação educativa. “É de grande valor. É uma atitude simples, mas que leva qualquer um à reflexão nesse exato momento. Parabenizo a atitude e que continue assim”, declarou o farmacêutico Jonas Lopes, 35, ao lado dos amigos na banda do Galo.

Para a autônoma Ana Gonçalves, 30, tipos de campanhas como a realizada pelo parlamentar precisam estar em evidência no dia a dia. “Todo mundo que pula o carnaval esquece de direitos e deveres. Essa atitude de entregar um panfleto e conversar só reforça o meu pensamento, que precisamos ter mais campanhas. Toda hora, dia a dia… o povo parece que esquece. Então, tem que lembrá-los”, sugeriu a autônoma, bastante alegre na Banda do Galo.

Na Zona Norte
Tradicional banda da zona Norte, a Banda da Sarita, no bairro Cidade de Deus, recebeu a atividade da comissão. No total, mais de 3 mil pessoas passaram pelo evento, realizado há mais de 20 anos e que leva o apelido carinhoso dado pelos amigos a Manoel Nenes, 55 anos, umas das principais lideranças da comunidade.

“A banda é para as famílias do nosso bairro, da nossa comunidade. Faço isso com carinho e fico feliz de recebermos uma ação assim. O povo tem que ter consciência de que não pode passar do limite”, declarou Manoel, que prefere ser chamado de Sarita.

Impacto
Na ação da comissão, estima-se que pouco mais de 10 mil pessoas tenham sido impactadas com as atividades de sensibilização e informação à população. “Vamos fazer ainda mais nesse pós-carnaval e vamos programar atividades melhores e de maior impacto. Se nessa aqui tivemos pouco mais de 10 mil pessoas, na próxima queremos dobrar esse número”, comentou o deputado.

 

Fonte: Portal Cm7

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.