Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Pensando no bem estar dos professores, Conselheira Yara Lins mantém contrato da SEDUC com Hapvida

Amazonas – Na tarde desta segunda-feira, dia 26 de setembro, a Conselheira Yara Lins, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), revogou a medida cautelar que suspendia os pagamentos do contrato da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (SEDUC) com a Hapvida, após analisar a defesa apresentada pelo órgão. A decisão da Conselheira foi elogiada pelos professores que utilizam deste plano de saúde.

O referido contrato trata da prestação de serviço hospitalar e ambulatorial aos servidores da SEDUC, e havia sido suspenso pela Conselheira Yara Lins na semana passada, por suspeita de inexecução da Hapvida. No entanto, após análise da documentação apresentada pela SEDUC, a Conselheira entendeu pelo afastamento dos requisitos cautelares e revogou a medida que suspendia o contrato, garantindo aos professores um sistema de saúde mais eficiente e ágil.

Vale ressaltar que a gestão da Conselheira é considerada uma das mais rápidas e eficientes já vista no TCE-AM.

Veja documento da decisão:

Veja documento completo, divulgado no Diário Oficial Eletrônico de Contas, clicando AQUI

 

Solicitação de contato

Preencha os dados abaixo e em breve um de nossos consultores irá entrar em contato com você oferecendo as melhores oportunidades para anunciar sua marca conosco.